Propriedades energéticas dos cristais

Como tudo que é natural, os cristais e minerais emitem e recebem energia. Essa energia, embora pareça sútil e imperceptível,

tem poder de transformar todos os aspectos de nossa vida. São inúmeros os benefícios; e cada cristal tem sua propriedade principal, 
embora muita vezes partilhado com outros. 
Existem cristais para auxiliar na cura, vide os cristais de quartzo branco. Outros para trazer prosperidade e abundância. 
Alguns que te aproximam a conexão com o mundo espiritual/astral. Para defesa energética local e pessoal.Transmutação de energias negativas em positivas... enfim, são diversas as possibilidades que a Natureza nos traz. 
Abaixo irei especificar algumas das propriedades de certos cristais, caso você ainda não os conheça. Essa lista continuará crescendo.

Ametista: 
Muito conhecida por suas propriedades astrais, te auxilia a conexão com o espiritual e o "invisível"; agente forte na intuição do individuo. 
Atua fortemente na área do sonho/sono, o que proporciona um sono restaurador e maior consciência de seus sonhos e evolução dos mesmos, como sonhos lúcidos e viagem astral. Tem também a capacidade de cura e promover a paz em ambiente ou individuo, conforme utilizado. 
As ametistas são pedras receptoras(o que não significa que ela não possa emanar energia), por isso, é importante manter em mente que ter uma conexão pessoal com sua ametista, pode lhe trazer acesso aos benefícios que servem somente ao indivíduo, exemplo do sonho e da intuição, evolução espiritual...

Ágata: 
A ágata e suas diversas variações é uma ótima pedra de proteção, atrai as vibrações da Justiça. Capaz de afastar as energias negativas do local, o que gera uma harmonia e bem estar, podendo proporcionar um equilíbrio.
Também é conhecida pelo seu poder de cura, povos antigos acreditavam na capacidade de atrair riquezas. Conhecida também por induzir o despertar espiritual e evolução pessoal. 

Citrino: 
Popular por sua reputação de prosperidade e abundância, que de fato é verdadeira, o citrino trabalha também com a Vontade, coragem e confiança. Sendo esses três últimos essenciais para que consiga direcionar as energias do cristal a seu favor. 
É um cristal emissor, por isso, está sempre liberando suas propriedades ao ambiente, mas cabe a nós aprendermos a captar, intencionar e direcionar essas energias, tornando sua vontade real. Conecte-se com ele, entenda o que o mesmo faz e entregue sua vontade, confiante.

Celestita: 
O "Cristal Celestial", auxilia na conexão e contato com o plano celestial e seus seres.
Trabalhava ativamente com o chakra frontal e com o laríngeo. Também traz as propriedades que os cristais de cor azul costumam ter; paz, calma, harmonia, clareza mental/psíquica...

Esmeralda:
Nao atoa a queridinha de Cleopatra, trabalha com o chakra cardiaco, servindo como cura tanto pro campo fisico quanto mental e emocional, o que proporciona um equilibrio ao seu portador/ambiente.
Conhecida tambem por proteger contra energias negativas e atrair milagres. No passado, acreditavam que a esmeralda tambem teria suas propriedades divinatorias, visoes e previsoes do futuro. 


Quartzo Branco/Transparente
Comumente utilizado para cura por ser um agente poderoso, tem a capacidade de amplificar as intenções. Age como um receptor, transmuta as energias negativas e realiza a limpeza energética de onde está em uso. 
Os cristais com ponta conseguem direcionar e aumentar essas ações.

Por trazer harmonia, se procede o equilíbrio. Induz a clareza mental e a sabedoria, ajuda a desenvolver a intuição e percepção, facilitando o entendimento.
São inúmeras as propriedades do quartzo branco e o mesmo vem sendo utilizado e referido pelos antigos há gerações.
Alguns o chamam de "cristal coringa", por por conta dessa diversidade de propriedades e a possibilidade de atuar em todos os chakras.

Turmalina Negra:
Uma das pedras mais conhecidas e poderosas para proteção. Ela atrai pra si toda energia negativa e a dissipa com o tempo. Embora as turmalinas negras sejam uma ótima agente protetora, é importante não manter muito contato direto com elas, pois podem ainda não ter dissipado toda energia negativa que estão sempre retendo. Caso já esteja limpa energeticamente, você pode utiliza-lá para descarregar as energias acumuladas presentes em você.

Sobre Drusas:
Drusas são cristais que crescem separados, mas a partir de uma mesma base. Não são comumente usadas em cristaloterapia pelo fato de que irradiam energia para todos os lados onde apontam, sendo mais difícil de focalizar. O que não inviabiliza o uso das mesmas para essa terapia.
No entanto, trabalham muito bem "cobrindo" a área onde estão. Com suas pontas compartilhadas, irradiam energia ao ambiente e local onde estão posicionadas, agindo naturalmente suas propriedades de acordo com o cristal. 
São também auto-limpantes e auxiliam na limpeza energética de outros cristais. Mesmo assim é sempre bom carregar as drusas com energia, e pra isso existem diversas formas de fazer. Inclusive com a sua energia.

Sobre "os citrinos" 
Existem dois minerais que atualmente são chamados de citrino, ambos são quartzos e com a composição química praticamente idêntica.
O “Citrino Queimado”, o mais conhecido com a tonalidade laranja/vermelha, é obtido através do aquecimento de uma ametista, que em processo de combustão tem seus elementos, nesse caso o ferro, oxidados. As impurezas férricas são as responsáveis pela cor da ametista. Transformando sua cor e deixando então de ser ametista. Por esse motivo muitos chamam o citrino como “ametista queimada”. Embora não seja mais uma ametista.
Em química observamos que em um processo de combustão, o elemento é alterado, e, portanto, o que era uma ametista se torna um outro tipo de cristal, o qual foi nomeado de Citrino.
Se pensarmos, podemos relacionar à alquimia, a fusão do elemento fogo(calor) com a ametista, o que gera algo novo e com novas propriedades, uma transmutação. Muitos dizem que o Citrino Queimado é falso ou “perdeu” suas propriedades, e isso é incorreto. O Citrino não deixou de ser um cristal energético por ter sido aquecido. O processo em si é natural, contato da ametista com o calor. O que é mal visto nesse “processo” é o toque humano. Mas o mesmo acontece com uma ametista se exposta ao ar livre e ao sol, gradualmente perde e muda de cor pelos mesmos motivos.
Já o “Citrino Natural”, é na verdade um quartzo ferrífero, uma variedade de quartzo amarelo que é composto com ferro, trazendo a cor amarelada. Uma cor mais fraca e transparente do que o Citrino como conhecemos. No entanto, a composição de ambos os quartzos é praticamente a mesma, SiO2 (dióxido de silício). A diferença de um para o outro é a transparência vítrea e quantidade de ferro oxidado, visto como “impureza férrica”, o que determina a intensidade da cor. Por isso os Citrinos Queimados possuem essa cor mais intensa e forte.